Agrotóxicos fazem realmente mal?


Nicholas Vital tenta ponderar o tema orgânicos X agrotóxicos


Em “Agradeça aos agrotóxicos por estar vivo” o jornalista Nicholas Vital tenta balancear a ideia de que os alimentos orgânicos não são assim tão diferentes dos alimentos que passam pelo uso do agrotóxico além que que os agrotóxicos são essenciais para a manutenção da agricultura, prezando pelo uso “correto”, de acordo com as boas práticas agrícolas.

agradeça aos agrotóxicos por estar vivo

Nicholas Vital aponta para o fato, segundo ele, de que os orgânicos são produtos de nicho e correspondem apenas a 1% do mercado atualmente. Alerta também para o “problema de percepção de risco”, chegando quase a afirmar que ninguém conhece alguém que tenha sido internado por ingerir resíduos de agrotóxicos em alimentos.

O risco é de que, ao imaginar que os agrotóxicos só geram danos, as pessoas deixem de imaginar o cenário de que o 1% de orgânicos não abasteceria o mundo todo e o cenário da fome seria agravado drasticamente, afirma Vital.

Como o autor embasa a pesquisa para todas essas afirmações? Bem, ele alega que esses apontamentos presentes no livro são resultado de pesquisas científicas e entrevistas feitas ao longo de dois anos com diversos profissionais ligados ao assunto. Porém, se analisarmos a bibliografia do livro ela nos remete à links muito fracos sobre o assunto.

agradeça aos agrotóxicos por estar vivo

A minha sensação com a leitura desse livro foi de decepção. À primeira vista, quando solicitei o livro à editora, pensei que esse trabalho seria melhor embasado e traria de fato dados científicos. Porém, o que mais encontrei foram achismos em um texto regado de porcentagens mal embasadas cientificamente.

Outro ponto falho foi o título. Acredito que o nome “agradeça aos agrotóxicos por estar vivo” é algo muito apelativo e totalmente desnecessário. É um chamariz falso e que joga de forma desonesta com o leitor interessado no tema.


DADOS SOBRE A OBRA

Título: agradeça aos agrotóxicos por estar vivo
Autor: Nicholas Vital          
Editora:
Record
ISBN: 978-85-0110-206
Ano de publicação desta edição: 2017
Número de páginas: 
252   
Palavras-chave:
 agrotóxicos / reportagem
*exemplar cedido pela editora.

Para acessar outras resenhas visite nosso ARQUIVO clicando AQUI.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *