fogo

2 livros tiro, porrada e bomba que você deve ler!

De começo vai o tiro do Rei de Havana e depois porrada e bomba com Sangue no Olho. Um título musical para sonorizar essas indicações sensacionais!

Peguei essa dobradinha de leituras lendo tudo sem respirar! Mentirinha hehehe, mas é que dá para ler tão rapidinho que não dá tempo nem de piscar! Dá uma olhada aí embaixo! Tenho certeza que você vai querer ler!

1. “O Rei de Havana” (Pedro Juan Gutiérrez) 

o rei de Havana
Foto: Google Imagens

O “O Rei de Havana” do escritor cubano Pedro Juan Gutiérrez foi uma direta sem direito à resposta. O autor, que usa muito de suas vivências pessoais na escrita, é cortante reto e exato. Gutiérrez não tem meias palavras para entregar a crueza da periferia ainda em brasa, e tomada por fantasmas humanos, em nossas mãos. O cenário é a Havana decaída de 1990, cheia de proibições, pobreza e construções que outrora espelhavam o glamour e agora desmoronam junto com seus inquilinos. É a capital de Cuba vista na camuflagem da várzea permanentemente inundada.

Rei, o Reinaldo, é um jovem que vive em meio à essa marginalidade. Após uma série de acontecimentos, torna-se fugitivo de um reformatório e começa a vagar para sobreviver. Mergulha em mundos que ao começar a ler você sente como se fossem gritos muito altos para se ouvir, mas estranhamente ao longo do texto a bizarrice entristecedora mostra seu ritmo real e cruel. O que acontece diante dos nossos olhos, mas não vemos. É assustador se dar conta de que todo esse corte aberto está ali sangrando e por tanto sangrar tomamos como normal.

Mortes, traficantes, prostitutas, extrema pobreza e as mais degradantes situações pelas quais um ser humano pode vir a se submeter são mostrados ao longo do sobreviver do Rei. Achei fantástico o fato do autor não se fazer de rogado para utilizar o palavreado que seria o cabível em situações das quais Rei viveu. Então tem sim puta que o pariu, porra, boceta, pau e caralho sem sensores ditadores de regra para colocar tarja preta. E o final é simplesmente sensacional!

Você com certeza deve ler!

2. “Sangue no Olho” (Lina Meruane) 

sangue no olho meruane
Foto: Google Imagens

O livro “Sangue no Olho” da escritora chilena Lina Meruane bem poderia ser, com esse título, sobre literais “tiros, porradas ou bombas”, mas não é. O livro é sobre cegueira, e entenda isso em um sentido bem amplo. Narrado em primeira pessoa pela personagem Lina Meruane, o livro pode se encaixar em uma ficção autobiográfica sem maiores discussões intrincadas quanto ao gênero.

A história orbita na perda progressiva da visão de Lina, que possui Diabetes e também uma condição ocular sensível abordada com mais detalhes no decorrer da história. Lina, a personagem, também tem um namorado e é escritora. Esses dois pontos tornam-se os principais temperos do desespero que vai em um crescente na trama. Eu senti os incômodos, senti a cegueira, senti as leves pitadas de ironia, autocomiseração e também egoísmo dela. Provavelmente você vivenciará isso também.

A leitura é envolvente. Não é das quais você deva espera grandes loopings de ações envolvendo mil personagens, mas sim traz o autoquestionar-se. Viver para se provar aos olhos alheios – e provar olhos alheios – que se vive, é necessário?

No rastilho longo da pólvora a leitura vai se completando pouco a pouco. Estoura no final com diversas interpretações possíveis – as quais cabe a você, leitor, questionar.

E aí, vai encarar?!

fogo

2 opiniões sobre “2 livros tiro, porrada e bomba que você deve ler!”

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s