livro arte atroz série saber horrível 1

Arte Atroz (Michael Cox)

Título: Arte Atroz (Série Saber Horrível)
Título Original: Awful Art.
Autor: Michael Cox
Ilustrações: Philip Reeve
Tradução: Antonio Carlos Vilela
Ano de Publicação Original: 1997
Ano de Publicação no Brasil (esta edição): 2006
Editora: Melhoramentos
Número de Páginas: 167
Gênero: Literatura Infantojuvenil / Arte / História

RESENHA – por Barbara Filippini

Conheci essa série quando ainda estava no ensino fundamental e logo me apaixonei pelo formato de escrita. O livro é formado com texto de fácil assimilação para o gênero proposto e pontuado de diversas curiosidades de acordo com os temas.

IMG_9237.PNG
Foto: Barbara Filippini.

O título é sempre divertido, assim como a narrativa. A leitura não é maçante e tem boa aceitação com o público infantojuvenil. Possui ilustrações para lá de engraçadas e com boas tiradas humorísticas e um leve toque irônico acerca dos acontecimentos contados, sem perder o foco histórico do tema.

É uma boa escolha para quem tem dúvidas sobre o que dar para crianças lerem. Essa série traz temas interessantíssimos e faz com que a criança e o pré-adolescente gostem de ler, caso ainda não tenham tido contato com alguma leitura que os tenha interessado. É um bom material introdutório para esse público tão carente de bons livros, já que infelizmente o que mais tem surgido são coisas que apenas prendem a atenção dos pequenos sem que os faça pensar e raciocinar.

Mesmo sendo gênero infantojuvenil, também é uma boa leitura para o público adulto. Excelente para passar uma boa tarde descansando com uma leitura leve e divertida.

Segundo o site da Melhoramentos a série “Saber Horrível” conta com 20 títulos (Imagens: Site Editora Melhoramentos):

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há também uma série chamada MORTOS DE FAMA que segue o mesmo estilo dessas publicações, uma excelente pedida!

SOBRE O AUTOR – MICHAEL COX

19coxlargeNasceu em 1948 e faleceu em 2009, no Reino Unido. Foi professor, usando seus momentos livres para escrever histórias e pintar paisagens. No início dos anos 90 ganhou o prêmio Scholastic-Independent Story of the Year. Logo depois desistiu de lecionar e passou a dedicar-se apenas à escrita. Já escreveu mais de trinta livros para crianças, sobre temas que vão de arte a arquitetura, e também histórias de horror. Seus livros já foram traduzidos para cerca de dez idiomas, entre eles o russo, o finlandês e o coreano. (Biografia retirada do site da Companhia das Letras – foto: Google Imagens)

SOBRE O ILUSTRADOR – PHILIP REEVE

philip-reeve-oneNasceu em 1966, na Inglaterra. Philip Reeve é um escritor e ilustrador inglês. Reeve estudou ilustração, primeiro no então Cambridgeshire College of Arts and Technology (CCAT – atualmente Anglia Ruskin University), onde contribuiu para a tirinha da revista Student Union, e depois na Brighton Polytechnic (atualmente University of Brighton). Antes de iniciar sua carreira como ilustrador profissional, trabalhou vários anos em uma livraria de Brighton. Enquanto era estudante e por alguns anos depois, ele escreveu e atuou em pequenos shows cômicos em vários grupos. Criou cartuns para vários livros como a série Coleção Saber Horrível.

Seu primeiro livro com temática adulta é Mortal Engines que ganhou o Prêmio de literatura Nestlé Smarties e foi um dos finalistas do Whitbread Book Award. Mortal Engines é o primeiro volume da Tetralogia Mortal Engines que trata conta as aventuras de dois jovens aventureiros, Tom Natsworthy e Hester Shaw, que vivem em um mundo pós-apocalíptico dominado pelas Cidades-Tração. Atualmente mora em Dartmoor com sua esposa Sarah e filho Samuel. (Biografia Wikipédia e foto Google Imagens).

Anúncios

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s