holocausto brasileiro daniela arbex

Holocausto brasileiro (Daniela Arbex)

por Barbara Filippini 

Título: Holocausto Brasileiro – Genocídio: 60 mil mortos no maior hospício do Brasil
Título Original: Holocausto Brasileiro
Autor: Daniela Arbex
Ano de Publicação: 2013
Ano de Publicação no Brasil (esta edição): 2013
Editora: Geração
Número de Páginas: 255

Livro de leitura muito  fluída, que traz informações muito relevantes e fortes acerca do que aconteceu com o Manicômio Colônia em Barbacena-MG. Além disso, o livro nos atenta para as barbáries que ocorreram que em alguns lugares ainda ocorrem se embasando em uma falsa psiquiatria e em falsos tratamentos. Também há relatos de pessoas que passaram pelo Colônia e de como estão hoje, sem esquecer de informar as transformações temporais e a reforma psiquiátrica que ocorreu no Brasil.

Neste livro-reportagem fundamental, a premiada jornalista Daniela Arbex resgata do esquecimento um dos capítulos mais macabros da nossa história: a barbárie e a desumanidade praticadas, durante a maior parte do século XX, no maior hospício do Brasil, conhecido por Colônia, situado na cidade mineira de Barbacena. Ao fazê-lo, a autora traz à luz um genocídio cometido, sistematicamente, pelo Estado brasileiro, com a conivência de médicos, funcionários e também da população, pois nenhuma violação dos direitos humanos mais básicos se sustenta por tanto tempo sem a omissão da sociedade.

Pelo menos 60 mil pessoas morreram entre os muros da Colônia. Em sua maioria, haviam sido internadas à força. Cerca de 70% não tinham diagnóstico de doença mental. Eram epiléticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, gente que se rebelava ou que se tornara incômoda para alguém com mais poder. Eram meninas grávidas violentadas por seus patrões, esposas confinadas para que o marido pudesse morar com a amante, filhas de fazendeiros que perderam a virgindade antes do casamento, homens e mulheres que haviam extraviado seus documentos. Alguns eram apenas tímidos. Pelo menos 33 eram crianças.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se puderem não deixem de dar uma olhada no vídeo produzido em 1979, que mostra como era o Manicômio Colônia por dentro, entitulado”Em nome da razão” de Helvécio Ratton.

SOBRE A AUTORA – DANIELA ARBEX

img_5275
Foto: Google Imagens

Daniela Arbex, 42 anos, é autora do best-seller Holocausto brasileiro, eleito Melhor Livro-Reportagem do Ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (2013) e segundo melhor Livro-Reportagem no prêmio Jabuti (2014). Com mais de 150 mil exemplares vendidos no Brasil e em Portugal, a obra ganha as telas da TV, em 2016, no documentário produzido com exclusividade para a HBO, com exibição prevista em mais de 20 países. Seu mais recente sucesso, Cova 312, aborda a ditadura de uma forma que a história oficial nunca fez. Uma das jornalistas mais premiadas de sua geração, Daniela tem mais de 20 prêmios nacionais e internacionais no currículo, entre eles três prêmios Esso, o americano Knight International Journalism Award (2010) e do prêmio IPYS de Melhor Investigação Jornalística da América Latina (2009). Há 20 anos trabalha no Jornal Tribuna de Minas, onde é repórter especial. (Informações de biografia retiradas do site da autora).

Anúncios

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s