Categoria: Resenha

Manicômio (Patrick McGrath)

“Podemos ver uma trama muito bem desenvolvida em cima de problemas psiquiátricos e a própria atuação dos psiquiatras tais como profissionais ou apenas como seres humanos tendentes à erros que todos nós somos. Além de, é claro, esmiuçar os problemas psicológicos/psiquiátricos dos personagens que passam por reviravoltas incríveis.”

O Deserto do Amor (François Mauriac)

“Esse livro foi originalmente publicado em 1925 e ainda mantém-se atual apresentando temas como vícios, enfermidades, juventude, velhice e inquietações que acometem boa parte dos seres humanos ao longo da vida. A ambientação da narrativa também é sentida em várias passagens como uma verdadeira atmosfera a sair das páginas.”